Luciana Genro

Plenária mobiliza apoiadores de Fernanda Melchionna na reta final da campanha

17 de setembro de 2016 19h10
Foto: Fernanda PIccolo/PSOL

Luciana, Ruas e Fernanda realizaram plenária de mobilização neste sábado | Foto: Fernanda PIccolo/PSOL

Faltando apenas 15 dias para a data da eleição, uma plenária reuniu, na tarde deste sábado (17/09), militantes e apoiadores da campanha da vereadora Fernanda Melchionna à reeleição e da candidatura de Luciana Genro e Pedro Ruas à prefeitura. Os três estiveram no encontro, realizado no comitê do PSOL, na Avenida João Pessoa, 973, onde empolgaram os presentes com discursos de mobilização. Clóvis Oliveira, do Centro de Estudos e Debates Socialistas (CEDS), também esteve na plenária, assim como muitos moradores das ocupações urbanas e militantes de movimentos de mulheres e LGBTs. Também foram exibidos vídeos de apoio da nadadora Joanna Maranhão, do deputado federal Jean Wyllys e do professor de Direito, Salo de Carvalho.

Foto: Fernanda Piccolo/PSOL

Luciana Genro disse que a Câmara Municipal precisa de uma mulher como a Fernanda Melchionna como protagonista das principais lutas da cidade | Foto: Fernanda Piccolo/PSOL

“Mudar Porto Alegre está ao nosso alcance. Fernanda foi a minha grande companheira na Câmara Municipal, fez dois mandatos que orgulham nossa cidade”, elogiou Pedro Ruas, ressaltando a importância de reeleger a vereadora com uma votação expressiva.

Já Luciana Genro destacou a importância de ter uma mulher na liderança das principais lutas políticas e sociais da Capital. “O mandato da Fernanda é fundamental para termos uma mulher como protagonista das principais lutas da cidade. Vamos com tudo nesta reta final”, declarou. Ela ainda disse que, como prefeita, vai desenvolver políticas públicas que empoderem as mulheres e combatam o machismo e o assédio.

Foto: Fernanda Piccolo/PSOL

Fernanda mobilizou apoiadores para a reta final da campanha, faltando apenas 15 dias para a eleição | Foto: Fernanda Piccolo/PSOL

Aos gritos de “Fernanda de novo, vereadora do povo”, Melchionna defendeu os moradores das ocupações urbanas e criticou os políticos que votam contra seus interesses, mas depois aparecem nas comunidades pedindo apoio. “As ocupações são fruto da luta do povo pelo direito à moradia. Nós vamos mostrar a diferença entre aqueles que querem governar com os trabalhadores e aqueles que governam com a partidocracia”, disse.

Para a vereadora, o principal inimigo nestas eleições é a desconfiança do povo com a política. “Estamos fazendo muitas atividades, percorrendo os bairros e debatendo política para vencer o pior inimigo nesta campanha, que é a desesperança”, comentou.

Fernanda falou sobre a importância da mobilização militante de apoiadores para fazer frente ao peso da máquina e da militância paga dos adversários. “Precisamos mostrar que é possível enfrentar as máquinas. Temos apenas 15 dias para isso. Nós podemos vencer”, conclamou.