Luciana Genro

A disputa se decide nos debates

23 de setembro de 2016 21h19

Por Luciana Genro

Estamos na reta final. Sem tempo de TV, enfrentando adversários que invadem com publicidade a casa das pessoas, mas seguimos firmes na disputa pelo segundo turno. As pesquisas, mesmo a do Ibope, que tem errado bastante, não ousaram dizer que não temos chances reais de ir ao segundo turno. Se consideramos a margem de erro do próprio Ibope, o empate técnico dos três que disputam a vaga para enfrentar o PMDB de Melo no segundo turno se mantém. Pelo instituto Methodus, cujo nível de confiança é maior, o empate técnico é ainda mais acirrado.

Vamos mostrar em 2 de outubro que os mais de 20% que manifestaram intenção de votar em nossa candidatura na pesquisa do próprio Ibope antes da avalanche televisiva da propaganda enganosa confirmarão esta intenção. A TV, que até agora nos ocultou, graças ao acordo de Eduardo Cunha e Dilma na reforma eleitoral, não poderá nos ocultar nos dois debates, no domingo e no dia 29. Será o encontro de nossa base eleitoral com nossa proposta. Aí o jogo se decide. E nossa confiança é vamos passar por cima da lei Cunha e ir ao segundo turno, onde o tempo é igual.

Vamos à luta. Com confiança na verdade e na vitória que representará o povo de Porto Alegre decidindo por um segundo turno em que eu possa defender a necessidade de um governo de mãos limpas.