Luciana Genro

Ato cobra saída de Arruda do governo do DF

09 de dezembro de 2009 14h18

Manifestação contra a corrupção no Distrito Federal

Fora Arruda e Paulo Octávio

Fora Arruda e Paulo Octávio

Na manhã desta quarta-feira, 9, foi realizado ato público contra a corrupção em frente ao Palácio do Buriti, sede do governo do Distrito Federal, em Brasília. Cerca de 1,5 mil manifestantes cobraram a saída do governador José Roberto Arruda, do vice Paulo Octávio e dos deputados distritais envolvidos em esquema de pagamento de propinas.

O ato foi organizado por movimentos sociais, como o Movimento Nacional de Combate à Corrupção, e sindicatos, como o Sinpro e o Sindser. Camisetas pretas e bandeiras foram utilizadas pelos manifestantes, que também distribuíram adesivos ‘Fora Arruda e P.O.’ a motoristas que passavam no Eixo Monumental.

O presidente do PSOL no DF, Antônio Carlos de Andrade, o Toninho, discursou e disse que a unidade da população brasiliense conseguirá derrubar “toda a quadrilha que se alojou no Distrito Federal”. Para ele, não somente o governador e o vice deveriam ser trancafiados na Penitenciária da Papuda, mas também os empresários e parlamentares envolvidos.

A deputada Luciana Genro parabenizou o grupo de manifestantes que permaneceu por cinco dias na Câmara Distrital, cobrando ética na política dos Poderes Executivo e Legislativo. “Vamos protestar até que Arruda e sua corja saiam do governo”, afirmou.


Fonte: Liderança do PSOL