Luciana Genro

Mais de 10 mil gaúchos já aderiram a abaixo-assinado

15 de setembro de 2009 15h00
Luciana, Ruas e Robaina (Hugo Scotte)

Luciana, Ruas e Robaina (Hugo Scotte)

No início da tarde desta terça-feira, 15, a deputada Luciana Genro, os vereadores Pedro Ruas e Fernanda Melchionna e o presidente estadual do PSOL, Roberto Robaina, junto com a militância do partido, voltaram à Esquina Democrática, no centro da capital gaúcha, para reforçar a campanha de abaixo-assinado pelo impeachment da governadora Yeda Crusius. O pedido de impedimento protocolado pelo Fórum dos Servidores Estaduais na Assembleia Legislativa foi acatado pelo presidente da Casa, Ivar Pavan, e vai hoje a plenário. O requerimento do PSOL, apresentado em junho de 2008, aguarda recurso na Comissão de Constituição e Justiça.

Em uma hora no local, 700 novas assinaturas foram coletadas, levando o número de adesões a ultrapassar as 10 mil. Elas serão levadas à Assembleia – em data ainda não-definida – para mostrar à CPI que investiga a corrupção no Estado e à comissão que será formada para acompanhar o processo de impeachment que a sociedade gaúcha está informada sobre essas questões e insatisfeita com este governo corrupto.

“É preciso pressionar os deputados estaduais, pois o governo tem maioria na AL e essa base aliada está boicotando as reuniões da CPI. Por outro lado, não vemos partidos como o PT, que tem a maior bancada na oposição, tomar medidas contra a governadora fora do âmbito da Assembleia. Este abaixo-assinado serve para que haja uma participação mais efetiva da população nesse processo, além das manifestações de rua”, disse Luciana.

O PSOL continua sua campanha de abaixo-assinado. Informe-se sobre onde assinar através do telefone (51) 3029-5049 ou assine online. Também é possível imprimir o abaixo-assinado e levar as assinaturas coletadas à sede do partido: Rua da República, 108 – Cidade Baixa, Porto Alegre/RS, CEP: 90050-320.

Clique aqui para abrir o abaixo-assinado