WhatsApp Image 2019-04-26 at 14.03.40
WhatsApp Image 2019-04-26 at 14.03.40

| Meio Ambiente | Notícias
A atividade correu na Escola Estadual de Ensino Médio Almirante Barroso | Foto: Bruna Porciúncula

A deputada estadual Luciana Genro e o vereador Roberto Robaina, ambos do PSOL, participaram de uma aula aberta promovida pelo Colaí Movimento de Cultura da Ilha da Pintada sobre a instalação da Mina Guaíba, entre Eldorado do Sul e Charqueadas.

As comunidades das ilhas do Guaíba precisam ser ouvidas nesta questão, já que o Jacuí, cujas margens estão previstas para serem a localização da mina de exploração de carvão, deságua no Guaíba e os moradores das cidades vizinhas também serão afetados pelos riscos deste projeto Copelmi.

A atividade teve explicações de direito ambiental com os advogados Patrícia Silveira, especialista em direito ambiental, e Conrado Klockner, assessor jurídico do mandato de Luciana Genro, e ocorreu na Escola Estadual de Ensino Médio Almirante Barroso, com a participação de estudantes, professores e lideranças comunitárias da Ilha da Pintada e ilhas vizinhas.

Deputada Luciana Genro já solicitou a suspensão do licenciamento ambiental do projeto da Copelmi | Foto: Bruna Porciúncula

A deputada Luciana Genro, junto com outros deputados, já solicitou à Fepam e aos Ministério Público Estadual e Federal a suspensão do processo de licenciamento ambiental até que audiências públicas sejam feitas em cidades como Porto Alegre, Nova Santa Rita, Canoas, Eldorado do Sul e Charqueadas, esta última iniciativa também solicitada pelo vereador Roberto Robaina, também em parceria com outros vereadores.

Sabemos que o carvão tem um alto potencial poluente. E vimos, nas tragédias de Minas Gerais, como uma mina pode simplesmente destruir uma cidade e centenas de vidas. Não podemos correr nenhum risco.

O projeto da Copelmi ameaça não só o meio ambiente e a diversidade econômica regional, mas a população das cidades vizinhas, os assentados do Assentamento Apolônio de Carvalho, os produtores de arroz orgânico da área, e o modo de vida de comunidades tradicionais de agricultores, pescadores, indígenas e quilombolas.

Mina de carvão: perigo à vista, por Luciana GenroUma mina de carvão a céu aberto a 535 metros do Parque Estadual Delta…

Publicado por Luciana Genro em Sexta-feira, 29 de março de 2019