Luciana Genro

Em defesa do patrimônio público

22 de fevereiro de 2019 13h16

Por Luciana Genro, deputada estadual do RS

Frente em Defesa do Patrimônio Público foi relançada no Teatro Dante Barone, na quinta-feira (21/02) | Foto: Juliana Almeida
Frente em Defesa do Patrimônio Público foi relançada no Teatro Dante Barone, na quinta-feira (21/02) | Foto: Juliana Almeida

Muitos sabem e entendem que as privatizações não resolvem o problema do Estado. Percebemos isso com a defesa do Banrisul e da posição contrária da população à defesa do governador Eduardo Leite se cogitar vender o banco para fechar o acordo de recuperação fiscal com a União.

Nesta quinta, estive mais uma vez defendendo as estatais e dizendo não às privatizações (21/02) durante o relançamento da Frente em Defesa do Patrimônio Público, no Teatro Dante Barone. Juntamente com os sindicatos, como o Sindipetro, o Sindiágua, o Senergisul, a Aduergs, entre outros, outros parlamentares de esquerda e com os funcionários das estatais como CEEE, CRM, Sulgás, Corsan, entre outras, vamos seguir lutando para garantir o direito da população de opinar em um plebiscito sobre a venda das empresas.

Queremos um tempo para discutir essa questão com a população via plebiscito, respeitar o direito garantido pela Constituição e propor realmente um debate novo na sociedade. Lembro que quando fui deputada estadual pela primeira vez, em 1995, o assunto debatido era o mesmo, no governo Britto. E nós sabemos que a venda de uma parte da CEEE e da CRT não teve nenhum efeito real na situação financeira do Estado.

A deputada estadual Luciana Genro em pronunciamento na recriação da frente em defesa das estatais | Foto: Juliana Almeida

Não vamos deixar a democracia ser atropelada pelos interesses de quem não defende a importância das estatais e não quer ouvir e defender o povo, o funcionalismo e o patrimônio gaúcho!