Luciana Genro

Luciana Genro e Fernanda Melchionna reforçam campanha com comitê na Cidade Baixa

01 de setembro de 2018 23h39

Inauguração do Comitê na Cidade Baixa, na Avenida Aureliano de Figueiredo Pinto | Foto: Juliana Almeida

A chuva de sábado (01/09) à noite não espantou os apoiadores e a militância de irem até a Cidade Baixa, em Porto Alegre, para a inauguração do comitê eleitoral da dobradinha de Luciana Genro, candidata à deputada estadual, e Fernanda Melchionna, candidata à deputada federal.

O comitê fica na Avenida Aureliano de Figueiredo Pinto, 984, e estará aberto para a retirada de materiais como adesivos, panfletos e placas, entre outros. O espaço é um reforço para a campanha, que agora está em seu período com propagandas na televisão.

Prejudicadas com apenas poucos segundos de exposição na TV, as candidaturas do PSOL se fortalecem neste momento com o trabalho dos militantes e com a adesão de mais apoiadores que divulgam os projetos de lutas que o PSOL representa, como a defesa dos direitos das mulheres, por exemplo.

As mulheres, inclusive, são as protagonistas desta eleição no Brasil, seja com candidaturas como a de Luciana e Fernanda, para enfrentar os projetos falidos da política atual, ou para ouvirem, nas ruas, as propostas das candidaturas do PSOL, em defesa das LGBTs, da juventude, da negritude e dos trabalhadores.

– São as mulheres as que mais nos ouvem nas ruas, seja aqui em Porto Alegre ou no interior. São as que mais ficam atentas às nossas propostas porque defendemos. Nós temos que ocupar os espaços para lutar contra esses projetos de fascismo que estão aí expostos na televisão e garantir a ocupação real na política, pelas mulheres, pelos negros, pela população trans – afirmou Luciana Genro.

Fernanda destacou a luta pelo reempoderamento das mulheres por mais espaço na política.

– É possível enfrentar esse ceticismo da população mostrando que nós mulheres e trabalhadores podemos ocupar a política, que uma nova esquerda pode ser feita. Os mandatos de Luciana são uma inspiração para mim, para seguir lutando contra o desemprego, contra a reforma trabalhista e pela retomada do empoderamento dos trabalhadores – destacou Fernanda.

Camila Goulart, candidata à vice-governadora na chapa com Roberto Robaina, relembrou a trajetória política de Luciana e Fernanda.

– Essa dobradinha tem uma história de luta muito significativa pelos trabalhadores, pelas mulheres. São mulheres combativas e feministas, que vão nos representar de uma forma muito verdadeira – afirmou Camila.