Luciana Genro

Apologia à tortura é crime

26 de setembro de 2018 18h42

#TorturaNão #DitaduraNuncaMais

Carlos Bolsonaro, um dos filhos de Bolsonaro publicou, em seu stories no Instagram, uma foto em que simula a tortura de um homem, ensanguentado e com um saco plástico na cabeça. No peito do homem está marcada a hashtag #elenão. É um absurdo Bolsonaro pregar a tortura e a violência e celebrar ditadores, assim como faz seu pai!

O PSOL já está atuando. O vereador do Rio David Miranda vai apresentar uma denúncia à Comissão de Ética por falta de decoro e para que Carlos Bolsonaro perca a cadeira de vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos. O deputado federal Jean Willys apresentou no MP um pedido de investigação de Carlos Bolsonaro por apologia à tortura.

Apologia à tortura é crime! Vamos às ruas para gritar #EleNão, #TorturaNão, #DitaduraNuncaMais!