Luciana Genro

Declaração de Luciana Genro sobre o impeachment

29 de agosto de 2016 15h07

Por Luciana Genro

Temer assumiu a presidência para aumentar o ajuste econômico contra o povo, a começar pelo aumento da idade para aposentadoria e a mudança na CLT para cortar direitos trabalhistas. Este é o objetivo das grandes corporações e dos banqueiros ao defender a posse de Temer. Sua posse é ilegítima porque sabemos que o povo não o elegeria. Se tivéssemos eleições gerais jamais este resultado existiria. Eu, que não votei em Temer nem para vice-presidente, é claro que não o aceito como presidente. Ainda mais quando sua presidência definitiva é produto de um golpe palaciano desferido no seu antigo aliado, o PT, que com ele compartilhou o poder por anos. Nossa luta em defesa dos direitos dos trabalhadores continua e faremos unidade de ação com todos que não aceitam o projeto ilegitimo do governo do PMDB.