Luciana Genro

Luciana Genro se reúne com lideranças políticas para barrar Lei da Mordaça no Senado

25 de julho de 2015 13h51
Foto: Reprodução/ZH

Jornal Zero Hora destacou reunião de Luciana Genro com Beto Albuquerque em sua edição deste sábado (25/07) | Foto: Reprodução/ZH

Por Redação #Equipe50

A ex-candidata à Presidência da República pelo PSOL, Luciana Genro, está se reunindo com lideranças políticas nacionais para solicitar apoio na votação contra a Lei da Mordaça. Liderado por Eduardo Cunha, o projeto estabelece que nenhum partido com menos de 9 deputados federais pode participar de debates eleitorais. Aprovado na Câmara dos Deputados no dia 14 de julho, o texto vai a votação no Senado em agosto e, se for aprovado até outubro, valerá para as eleições de 2016.

Leia mais:
– Luciana Genro e parlamentares do PSOL se reúnem com Renan Calheiros para debater a Lei da Mordaça

Luciana Genro já conversou com os senadores gaúchos Ana Amélia Lemos (PP) e Paulo Paim (PT), que se comprometeram em votar contra a proposta. Nesta sexta-feira (24/07), Luciana se reuniu com o vice-presidente nacional do PSB, o ex-deputado federal Beto Albuquerque, que foi vice na chapa de Marina Silva à Presidência da República em 2014. Beto disse que conversaria com a bancada de seu partido no Senado para solicitar o voto contrário à Lei da Mordaça – já que, na Câmara, o PSB acabou votando a favor.

“Vamos seguir mobilizados contra a Lei da Mordaça do Eduardo Cunha, que impede o PSOL de participar nos debates eleitorais”, disse Luciana Genro, que seguirá em agendas de encontros e conversas com as lideranças políticas para tratar do tema.