Luciana Genro

Alegria e indignação

06 de maio de 2015 14h27
Foto: Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

Recebi hoje o meu diploma de especialista em Direito Penal e Processo Penal pela UniRitter com um misto de alegria e indignação. O motivo da alegria é óbvio. A indignação vem da triste coincidência deste diploma chegar no mesmo momento em que milhares de estudantes estão abandonando suas faculdades devido ao corte de verbas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) que sofreu uma redução de quase 50% na quantidade de novos contratos firmados entre o primeiro semestre de 2014 e o primeiro semestre de 2O15.

O governo deixou o controle das matrículas e o estabelecimento dos preços a cargo do setor privado e agora alega que o “dinheiro acabou”. O jornal Zero Hora de hoje relata que nesta mesma universidade onde cursei a pós graduação vários alunos que haviam iniciado o semestre na expectativa de conseguir o Fies estão sendo obrigados a abandonar os estudos, ou seus pais estão tentando fazer malabarismos para pagar dívidas que chegam a mais de R$ 6 mil. Uma segunda edição do programa, no segundo semestre, ainda não está garantida mas com certeza os estudantes vão se mobilizar para exigir mais verbas para o Fies. Este é um dos motivos da nossa luta pela universalização do ensino público e gratuito. A educação não pode depender de empréstimos do governo, que de uma hora para outra decide fazer ajustes que sempre prejudicam quem mais precisa.