Luciana Genro

29M: Não faltam razões para lutar

29 de maio de 2015 13h58
Foto: Divulgação/PSOL

Luciana Genro participou de ato do 29M em Porto Alegre | Foto: Divulgação/PSOL

Não faltam razões para lutar. O dia 29 de maio marca a disposição de uma parte importante do povo de resistir às medidas que as castas políticas querem impor à maioria da população. Por todo o Brasil param ônibus, metrôs, escolas, universidades, repartições públicas, bancos e empresas privadas. É a resistência da classe trabalhadora contra o ajuste fiscal de Dilma e Levy e contra as terceirizações!

A grande mídia não deu nenhum destaque ou incentivo para as manifestações de hoje, como deu para as anteriores manifestações domingueiras. As respostas que as castas políticas dão aos problemas do povo são um tapa na cara de todos nós. E ainda reclamam quando se fecha uma rua.

O movimento deste dia 29 unificou todas as centrais sindicais na pressão para que o governo não aplique os ajustes. Em Porto Alegre, os servidores municipários sustentam uma greve há mais de 10 dias, demonstrando que a retirada de direitos e o ajuste são políticas aplicadas também nos estados e municípios.

É nas ruas e nas greves que iremos impedir retrocessos e lutar por mais direitos! Todo apoio à unidade da classe trabalhadora contra os ataques dos governos!