Luciana Genro

Perdemos Galeano, um dos nossos

13 de abril de 2015 10h33

Acabo de receber a triste notícia de que o escritor Eduardo Galeano faleceu. Galeano era um dos grandes. Grande teórico de esquerda, grande escritor e poeta, grande militante. Seu livro AS VEIAS ABERTAS DA AMÉRICA LATINA ensinou várias gerações sobre a tragédia e a luta do nosso continente. Junto com Roberto Robaina tive o prazer de conhece-lo pessoalmente na Venezuela,em 2004, onde fomos ambos observadores internacionais de um dos vários processos eleitorais. Ali pude ver que além de todo o talento conhecido de Galeano, ele também era um ser humano simples e cativante. Ele aplicava na vida seus princípios políticos, de solidariedade e dedicação à causa da liberdade. Depois daquele encontro trocamos vários emails, nos quais ele sempre deixava transparecer a sua convicção na necessidade de seguir a luta pela emancipação do ser humano de todas as formas de opressão. Viva Eduardo Galeano, sempre!