Luciana Genro

Dirceu Travesso, presente!

16 de setembro de 2014 15h22

Por Luciana Genro

Dirceu Travesso

Dirceu Travesso

Foi com tristeza que recebi a notícia do falecimento de Dirceu Travesso, dirigente do PSTU e do sindicalismo combativo brasileiro.

Didi, como era carinhosamente conhecido, vai ser lembrado, para além de sua brilhante capacidade como militante, como um grande ser humano.

Conheci o Didi, ainda nos anos oitenta, quando éramos militantes da Convergência Socialista. Bancário, foi parte do ascenso de lutas da classe trabalhadora, sendo incansável nas greves e mobilizações de várias categorias. Internacionalista, dedicou-se a compartilhar experiências com sindicalistas de várias partes do mundo, ciente de que a classe trabalhadora não tinha fronteiras.

Sempre generoso e marcante no convívio com as diferentes visões no campo da esquerda, nunca deixou de entregar suas melhores forças para a luta dos trabalhadores e pelo socialismo.

Lembro-me de sua fala em homenagem ao Plínio, no ato de lançamento da Frente de Esquerda em São Paulo, cativando os presentes pela autenticidade e compromisso das suas palavras.

Hoje perdemos um dos nossos melhores lutadores.

Meus sentimentos para a família de Dirceu Travesso e para todos os companheiros do PSTU.