Luciana Genro

Nos 5 anos da tragédia da TAM, um Tributo à Vida!

17 de julho de 2012 09h39

Há 5 anos eu estava no meu pequeno apartamento em Brasília quando  vi pela televisão as terríveis imagens do acidente da TAM. Estávamos em meio a uma CPI, que ficou conhecida como CPI do caos aéreo. Os controladores de voo haviam feito uma importante mobilização, e  vinham denunciando as péssimas condições de trabalho, as deficiências dos aeroportos, a falta de pessoal e os problemas decorrentes da militarização. No meio disso, o acidente veio a tragicamente confirmar que os problemas eram reais, e graves. Infelizmente aquela CPI terminou em pizza, pois a base governista, encabeçada pelo relator, deputado Marco Maia, jogou para baixo do tapete os problemas e as responsabilidades dos órgãos públicos pela tragédia da TAM. Eu era  membro da CPI e fiz um voto paralelo, que foi inclusive utilizado pela polícia de São Paulo para buscar os culpados pelo acidente. Um dos meus trabalhos como deputada federal do qual  mais me orgulho. Logo depois do acidente peguei um avião e fui para São Paulo, junto com outros integrantes da CPI. De helicóptero voamos de Guarulhos para Congonhas, e ali começou a  luta junto com os familiares.  Tenho aqui no meu escritório a homenagem que recebi da Associação dos Familiares e Amigos das Vítimas do Voo TAM JJ 3054, um pequeno troféu onde há um anjo insculpido e diz: “TRIBUTO À VIDA. AFAVITAM JJ3054” A dor dos familiares ainda está muito presente na minha mente e no meu coração. Desejo que o memorial que está sendo inaugurado hoje seja uma lembrança permanente dos que morreram, e  um alerta de que a má política e a má administração custam vidas preciosas.