Luciana Genro

O Globo, 13 de setembro de 2010

13 de setembro de 2010 09h13

Nas considerações finais do debate, presidenciáveis tratam de temas diferentes

SÃO PAULO – Nas considerações finais, candidatos presentes ao debate Folha/RedeTV! trataram de questões diferentes. Dilma Rousseff (PT), a primeira a falar de acordo com o sorteio, apelou para o emocional e pelo fato de ter virado avó nesta semana. Segundo ela, ao ver seu primeiro neto, Gabriel, ela disse que entende melhor os anseios de todas as mães e que quer dar o melhor que puder não só ao seu neto, mas a todas as crianças do país.

Já Marina Silva (PT), foi mais pragmática e pediu o direito de ter o segundo turno na eleição presidencial, para que o país possa aprofundar o debate de seus problemas. Plínio Sampaio (Psol) , também pragmático, disse que não basta votar apenas nele e defendeu o voto em toda a legenda, citando nominalmente os deputados Ivan Velente (SP), Chico Alencar (RJ) e Luciana Genro (RS).

José Serra (PSDB) agradeceu os telespectadores e disse que em seu governo respeitará o país, os adversários e a família dos adversários – em uma menção, mais uma vez, ao caso de vazamento de dados sigilosos de parentes seus. Ele defendeu uma melhoria na segurança, na educação e na saúde.