Luciana Genro

Correio do Povo, 9 de agosto de 2010

09 de agosto de 2010 14h30

Plínio nega ter imóvel de R$ 1 milhão

Por meio de seu advogado, o candidato do PSol à Presidência, Plínio de Arruda Sampaio, rebateu as afirmações do presidente do PV fluminense, Alfredo Sirkis. Chamado de “burguês quatrocentão”, Plínio disse ontem que não tem imóvel de R$ 1 milhão e mora com a família em uma casa alugada, no Alto de Pinheiros, em São Paulo. No pedido de registro da candidatura, Plínio declarou à Justiça Eleitoral um patrimônio de R$ 2,1 milhões.

O candidato do PSol se destacou durante o debate entre os presidenciáveis promovido pela Rede Bandeirantes pelas farpas que distribuiu entre os três adversários presentes: Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV). Em alguns momentos do embate, Plínio chegou a centrar seus ataques em Marina, a quem chamou de “ecocapitalista”. Ele acusou a adversária de não ter proposta alternativa a Dilma e a Serra, depois de afirmar que era o único candidato com discurso diferenciado.

Crédito: Divulgação/CP

TALINE OPPITZ

Pausa na agenda

Os candidatos aproveitaram o Dia dos Pais para dar uma pausa nas agendas das eleições. A maioria suspendeu os roteiros pelo Interior do Estado e os compromissos em Porto Alegre para passar o domingo com a família. Foi o que fez Tarso Genro, que na foto aparece com as filhas Vanessa e Luciana e com o labrador Paco. Aliás, Luciana, que briga pela reeleição à Câmara dos Deputados pelo PSol, também interrompeu os compromissos de campanha para curtir o “paizão”.