Luciana Genro

Correio do Povo, 10 de agosto de 2010

10 de agosto de 2010 09h18

Plínio para empresários: ”Dilma acha que está eleita”

O candidato do PSol à Presidência, Plínio de Arruda Sampaio, disse que a candidata do PT, Dilma Rousseff, acha que já ganhou as eleições, por isso recusa convites para eventos. O cancelamento da presença da ex-ministra no encontro com empreendedores, promovido ontem pela Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil, em São Paulo, fez com que os organizadores convidassem Plínio de última hora para o evento. “Ela acha que está eleita. Ou então, tem certa dificuldade de enfrentar esse debate direto. Vocês viram como ela estava nervosa no debate da TV Bandeirantes”, afirmou Plínio.

Um dos fundadores do PT, Plínio tentou desvincular sua trajetória política da de Dilma: “Não conheço a moça. Ela não era do meu partido. O PT velho não é o PT novo. Ela é do PT novo. Ela não tem nada a ver conosco”. Para Plínio, os militantes do “PT velho” votarão nele no primeiro turno da eleição presidencial e, em Dilma, no segundo turno “porque Lula mandou”.

O candidato à Presidência José Serra (PSDB) aproveitou a ausência de Dilma para criticar a postura da adversária. “O político tem que meter a cara e falar o que pensa, tem que se expor mais, apresentar ideias. Quem vai ser governo é insubstituível e aí não tem terceirização. Não se pode tratar um político como um produto, como se fosse um iogurte, como se fosse um pão de centeio”, disse Serra. A presidenciável do PV, Marina Silva, atacou o PAC, trunfo da campanha de Dilma. “O PAC é apenas um sistema de gestão. O país precisa investir na infraestrutura humana.”