Luciana Genro

Zero Hora, 31 de julho de 2010

31 de julho de 2010 08h51

REFÉNS DE UMA PONTE
As agruras de um candidato

Um postulante à presidência da República sentiu na pele ontem as agruras a que a ponte do Guaíba submete os gaúchos. Com 80 anos de idade, Plínio de Arruda Sampaio, candidato do PSOL ao Planalto, madrugou para viajar de Rio Grande e fazer campanha em Porto Alegre no final da manhã. O que era para ser uma viagem de cerca de quatro horas se transformou em oito horas e meia dentro do carro. E em vez de chegar à Capital, Sampaio foi parar em São Leopoldo.

– Não é possível que toda uma região do Rio Grande do Sul dependa de uma rosca de parafuso – reclamou ontem à tarde, quando descansava da desventura em um hotel no Vale do Sinos.

O candidato à presidente partiu de Rio Grande às 6h30min. Perto das 11h, deparou com uma fila de automóveis de dois quilômetros. Depois de meia hora de espera, o motorista fez o retorno pela pista contrária e dirigiu 40 minutos até São Jerônimo.

O plano era ganhar tempo pegando a balsa sobre o Rio Jacuí até Triunfo e, seguindo de lá, a São Leopoldo, onde tinha um compromisso às 14h. Foram quase duas horas de espera na fila da balsa. O candidato chegou a São Leopoldo só às 15h30min.

Como campanha é campanha, Sampaio aproveitou a situação para gravar seu nome na alentada lista de figuras da República que prometeram aos gaúchos uma solução aos enguiços no vão móvel:

– Foi até bom. Estávamos com um impasse sobre qual deveria ser nossa primeira prioridade. Agora está resolvido. É a segunda ponte do Guaíba.

ROSANE DE OLIVEIRA

Plínio também sofre

O candidato do PSOL a presidente, Plínio de Arruda Sampaio, também foi vítima do engarrafamento causado pelo problema na ponte móvel. Ele estava em Eldorado do Sul quando a fila chegava a 4 quilômetros.

Como não havia previsão de liberação, o motorista buscou rota alternativa por São Jerônimo, cruzando o Jacuí pela balsa. O problema é que outros tiveram a mesma ideia, e o candidato enfrentou longa fila na balsa. Só chegou a São Leopoldo às 15h30min, pela Tabaí.