Luciana Genro

Correio de Povo, 1 de maio de 2010

01 de maio de 2010 11h50

Deputado quer tirar nome de torturador de ruas

A Assembleia Legislativa de São Paulo está analisando um projeto que proíbe denominar ruas, rodovias ou prédios públicos com nomes de pessoas consideradas participantes de atos de tortura, violação dos direitos humanos ou crimes contra a humanidade. O primeiro alvo do deputado Raul Marcelo (PSol), autor da proposta, será a rodovia Castello Branco. “Durante seu mandato, ele iniciou o regime ditatorial que usou da prática de tortura e assassinatos.”