Luciana Genro

Dívida externa é um roubo de US$ 223 bilhões!

09 de março de 2010 15h59

A CPI da dívida pública, instalada na Câmara por iniciativa do PSOL, foi a culminância de um trabalho desenvolvido há vários anos pela Frente Parlmentar pela Auditoria da Dívida Pública, que eu coordenei em 2007 e 2008. Em 2009 Ivan Valente assumiu e finalmente a CPI foi instalada. Os trabalhos estão sendo concluídos agora. Adianto aqui um dado importante revelado pela CPI: A dívida externa atual é resultado de sucessivas renegociações de uma mesma dívida que cresceu a partir da alta unilateral e ilegal das taxas de juros internacionais pelos EUA e Inglaterra, a partir de finais dos anos 70. Os juros subiram de 6% para 20,5% ao ano. Caso os juros tivessem sido mantidos em 6% ao ano, os pagamentos realizados teriam sido suficientes para pagar toda a dívida externa – atualmente de mais de US$ 200 bilhões – e o Brasil ainda teria valores a serem ressarcidos. O dano ao patrimônio público é da ordem de US$ 223 bilhões.