Luciana Genro

Yuka pode ser candidato do PSOL no Rio

08 de fevereiro de 2010 14h49

Fundador d’O Rappa, vítima da violência urbana que em 2000 o deixou numa cadeira de rodas, Marcelo Yuka sempre foi engajado nas causas sociais e na luta pelos direitos humanos. Após deixar a banda, intensificou sua participação política, que culminou na sua filiação ao PSOL. Estou no Rio de Janeiro, participando de uma atividade partidária, e almocei (junto com Roberto Robaina) com o deputado Marcelo Freixo, que presidiu a CPI das Milícias na Assembleia Legislativa/RJ e que provocou a prisão de mais de 200 líderes de milícias que aterrorizam as comunidades do Rio. Freixo é muito amigo de Yuka e está trabalhando para que ele seja candidato a deputado federal pelo PSOL do Rio. A aparição de Yuka no programa nacional do PSOL, em janeiro, teve um grande impacto positivo para o PSOL. Vamos torcer para que a candidatura dele aconteça. Independentemente disso, acertamos desenvolver um trabalho comum entre o PSOL gaúcho, presidido por Robaina, meu mandato, o mandato de Freixo e Yuka.