Luciana Genro

Diretório Nacional divulga nova resolução sobre 2010

07 de dezembro de 2009 09h46

No sábado, 5, o diretório nacional do PSOL decidiu, em reunião realizada em São Paulo, encaminhar concomitantemente quatro tarefas:

1. Iniciar imediatamente o processo de avaliações e debates acerca do lançamento de uma candidatura própria com maior capacidade de unificar o partido, buscando a construção de discurso, perfil e programa capazes de cumprir esse objetivo;

2. Continuar o processo de debates junto aos demais setores sociais indicados pela resolução da executiva nacional do PSOL (movimentos sociais, a exemplo do MST, entidades sindicais e populares e partidos políticos que compuseram o arco de alianças da nossa candidatura em 2006 – PSTU e PCB);

3. Prosseguir nas discussões com o PV a respeito de um possível acordo eleitoral para a apresentação em conjunto da candidatura de Marina Silva, tendo como norte orientador e definidor desse debate o programa e a posição em relação aos governos PT e PSDB;

4. Esgotamento das conversas da comissão do PSOL com o PV no decorrer do processo de definições na Conferência Eleitoral, até março do próximo ano.

Além dos pontos propostos pela executiva nacional do PSOL, estabelecemos os itens abaixo como parâmetros iniciais para o debate.

– Oposição programática de esquerda ao governo Lula, a PSDB e DEM e ao neoliberalismo;
– Crítica à política econômica dos governos de Lula e FHC;
– Construção de um discurso de enfrentamento à falsa polarização entre PT e PSDB;
– Abrir o debate sobre vice;
– Contra as privatizações;
– Contra a construção da hidrelétrica de Belo Monte;
– Fim do fator previdenciário e defesa da previdência pública;
– Redução da jornada de trabalho de 40 horas;
– Defesa da Petrobras 100% estatal e controle público sobre o pré-sal;
– Reforma agrária anti-latifundiária;
– Defesa do PNE (plano da sociedade brasileira) e defesa de 10% do PIB em educação;
– Fim dos modelos de OS na gestão da saúde;
– Contra os transgênicos;
– Defesa do financiamento público de campanha;
– Crítica à transposição do Rio São Francisco;
– Retirada das tropas do Haiti.


Fonte: PSOL Nacional