Luciana Genro

Briga de Plenário

16 de dezembro de 2009 09h08

Seguindo com o assunto do pré-sal, ontem o clima esquentou no plenário da Câmara. O presidente Michel Temer impugnou a emenda do Ibsen – que ditribuía igualmente os recursos do pré-sal entre estados e municípios – alegando que a mesma não tinha o número suficiente de assinaturas. A gritaria foi grande, e o sempre falante Ciro Gomes não se conteve e disse que Temer estava agindo de acordo com os interesses do deputado Eduardo Cunha, do RJ, estado que mais perde se a emenda Ibsen for aprovada. Ciro chegou a dizer “Feche a Câmara, presidente, e pergunte ao Eduardo Cunha o que ele quer para o Brasil”. Hoje votaremos um recurso para que a emenda seja apreciada. Isso se não vier outro golpe. A preocupação do governo é uma crise com o PMDB de Cunha, que de fato tem muito poder no partido. A emenda Ibsen quebra a lógica governo-oposição, pois é boa para praticamente todos os estados.