Luciana Genro

A raposa vai cuidar do galinheiro??

18 de novembro de 2009 09h44

A maioria da Assembleia Legislativa mostra o seu caráter ao dar o apoio de 39 deputados à tentativa de conduzir o deputado Marco Peixoto ao Tribunal de Contas. Ele é alvo de pedido de investigação do Ministério Público Federal, e sabe-se que sua voz está em gravações prá lá de comprometedoras, ainda sob segredo de Justiça. Ainda que prevaleça a tese de que todos são inocentes até que se prove o contrário – o que no atual estágio de podridão da política chega a ser até um pouco ingênuo – não poderia ser possível guindar a um Tribunal de Contas alguém sob suspeita, cujas evidências incriminatórias não podem ser reveladas devido ao segredo de Justiça. O Tribunal de Contas tem a tarefa de zelar pelo bom uso do dinheiro público, mas como fazê-lo seriamente se os seus membros são suspeitos exatamente de mau uso dos impostos pagos por todos e que acabam servindo aos interesses de poucos? É algo como colocar a raposa a cuidar do galinheiro. Se o Tribunal de Contas quer mesmo melhorar sua imagem (até contratou o ex-deputado Marcos Rolim para essa tarefa!!), teria que começar por melhorar o seu conteúdo. A aparência é sempre um reflexo da essência, e melhorar a aparência sem mudar a essência é puro golpe de marketing. A Assembleia Legislativa está debochando das pessoas que ainda ensinam seus filhos que é proibido roubar. Que falta faz um deputado do PSOL nessa Casa Legislativa!!!