Luciana Genro

Zero Hora, 11 de julho de 2009

11 de julho de 2009 16h25

ROSANE DE OLIVEIRA

Em tempos diferentes

Em um encontro entre o Ministério Público Federal e deputados federais gaúchos, ontem, a deputada Luciana Genro (PSOL) cobrou agilidade do procurador-chefe da Procuradoria da República no Estado, Antônio Carlos Welter, sobre as investigações relacionadas às denúncias de Lair Ferst.

– Não vim antes aqui porque achei que os senhores estivessem bravos comigo – disse Luciana, referindo-se ao fato de o PSOL ter divulgado em 19 de fevereiro o teor de uma suposta delação premiada de Lair.

Welter disse que a deputada cumpriu seu papel de parlamentar, mas explicou que o tempo do MPF é diferente do “tempo da política”.

_____

À noite, Humberto Jacques de Medeiros, procurador-chefe da Procuradoria da República da 4ª Região, telefonou para Luciana Genro. Relatou uma conversa com o novo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, sobre o caso gaúcho e sobre a reunião com os parlamentares. Gurgel teria prometido, mais uma vez, celeridade.

ANA AMÉLIA LEMOS

Destaque

Luciana Genro (PSOL) recebe, em agosto, no Rio de Janeiro, o prêmio Destaque Nacional em Desenvolvimento Social, conferido pelo Instituto Ambiental Biosfera em reconhecimento pela atuação parlamentar de apoio aos projetos de interesse social.