Luciana Genro

Procuradores do MPF reconhecem legitimidade da ação do PSOL

10 de julho de 2009 14h51

Hoje pela manhã estive em reunião da bancada gaúcha com o Ministério Público Federal, a convite deles. Na oportunidade que tive de me manifestar disse a eles que o Rio Grande do Sul está paralizado aguardando o pronunciamento do MPF no caso da Yeda, pois são eles que podem confirmar tudo o que já foi denunciado. Apesar de não se comprometerem com prazos para fazer sua manifestção sobre o caso da Yeda, o procurador-chefe da PR/RS, Antônio Carlos Welter, reconheceu que o PSOL agiu dentro da sua função e que ” a deputada Luciana Genro cumpriu o seu papel”. Ótimo. Aguardamos todos que o MPF também cumpra o seu, e peça o afastamento de Yeda.