Luciana Genro

Página 10, Zero Hora, 21 de julho de 2009

21 de julho de 2009 10h48

Armadura

Alvo de duas representações da governadora Yeda Crusius, relacionadas a uma campanha publicitária e ao protesto da semana passada, a presidente do Cpers, Rejane de Oliveira incorporou o discurso jurídico do PSOL:

– Para me defender, vou pedir em um eventual processo os documentos que não vieram a público até agora.

Após apresentar denúncias de uma suposta delação premiada de Lair Ferst, dirigentes do PSOL desafiaram a governadora a processá-los para invocar a exceção da verdade.

A governadora não os processou, mas o ex-secretário Aod Cunha e o empresário Humberto Busnello processam a deputada Luciana Genro, o vereador Pedro Ruas e o presidente do partido, Roberto Robaina.