Luciana Genro

Página 10, Zero Hora, 14 de julho de 2009

14 de julho de 2009 11h04

Discrição e cautela

De perfil discreto, a juíza da Justiça Federal de Santa Maria Simone Barbisan Fortes evita eventos públicos, mas ontem ela aceitou participar de uma audiência pública na Assembleia Legislativa para discutir um projeto de lei federal para alterar regras no regime previdenciário.

Professora de Direito Previdênciário, Simone tem nas mãos o processo criminal que resultou em uma das maiores fraudes no Rio Grande do Sul, a do Detran. A juíza evitou tecer comentários sobre o processo e preferiu não projetar prazos para a sua conclusão em primeiro grau. Dos 44 denunciados, 33 viraram réus.

Esta semana, a Polícia Federal irá abrir inquérito para investigar outros 25 suspeitos com base nos documentos apreendidos em 2007.

Nos próximos dias, é aguardado despacho de Simone em relação a dois pedidos formalizados na última sexta-feira. Um deles, feito pelo psol, objetiva bloquear as contas da governadora Yeda crusius, do ex-marido dela, Carlos Crusius, e do ex-secretário Delson Martini.