Luciana Genro

“Ao elogiar Collor, Renan e Sarney, Lula retrocede na história…”

19 de julho de 2009 12h53

Vale a pena ler o artigo do professor da Faculdade de Filosofia da USP, José de Souza Martins, no caderno Aliás do Estadão deste domingo. Ele lembra discurso do general Golbery do Couto e Silva (militar culto, ideólogo do regime instaurado pelo golpe de 1964) em 1980. O general fala sobre o futuro do país e cita Lula como membro de uma elite sindical de líderes autênticos “sem revanchismo ideológico”, mas se confessa, naquele momento, desapontado com Lula . Deixo a parte final do artigo para vocês: “O solidário e empolgado abraço de Lula, com sorrisos, nesses três aliados, emblemáticos Senadores da República (Renan, Collor e Sarney), é sobretudo um fraterno e decisivo abraço no retrocesso histórico e nos reacionários arcaísmos da política brasileira. O General Golbery achou que se enganara. Não se enganou”.