Luciana Genro

Zero Hora, 21 de maio de 2009

21 de maio de 2009 16h43

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA
PT muda texto de pedido de apuração

Diante das críticas de falta de foco no requerimento da CPI para apurar supostas irregularidades no governo Yeda Crusius, a deputada estadual Stela Farias (PT), autora da proposta, divulgou na tarde de ontem uma nova versão do documento.

Reelaborado em colaboração com deputados do PDT e do DEM, o texto mantém a linha de investigação de suspeitas relacionadas a instituições e agentes públicos levantadas nas operações Rodin e Solidária e as denúncias do PSOL. Embora não mencione o termo “caixa 2”, aponta para supostas “irregularidades financeiras, com a ocorrência de crimes conexos com a campanha eleitoral de 2006”.

Ainda pela manhã, Stela reuniu-se em seu gabinete com o colega de bancada Daniel Bordignon, o vereador Pedro Ruas (PSOL) e o presidente estadual do PSOL, Roberto Robaina. O objetivo era esclarecer que as suspeitas de caixa 2 na campanha da governadora Yeda Crusius estariam na pauta de uma eventual CPI.