Luciana Genro

Renata Lo Prete, Folha de S. Paulo, 6 de abril de 2009

06 de abril de 2009 11h43

Protógenes diz ao PSOL que prefere disputar vaga na Câmara

O delegado da Polícia Federal Protógenes Queiróz afirmou a seus amigos no PSOL que prefere disputar uma vaga na Câmara dos Deputados.

Membros do partido defendem que ele seja candidato ao Planalto.

Protógenes, que apesar de não admitir sua candidatura, afirma haver um “clamor público” para que ele concorra a um cargo político. Nos últimos meses, tem sido presença constante em atos do PSOL pelo país.

A preferência pelo cargo de deputado deve-se sobre seu receio da investigação sobre sua conduta à frente da Operação Satiagraha. O delegado responde a inquérito na 7ª Vara Criminal da Justiça Federal em São Paulo. Como deputado, teria imunidade parlamentar.

Segundo o Painel, caso sua intenção seja realmente se candidatar a uma cadeira na Câmara pelo PSOL, Protógenes pode ameaçar a reeleição do deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP), em São Paulo, e a de Chico Alencar (PSOL-RJ), no Rio. A ideia, então, seria lançá-lo pelo DF.