Luciana Genro

Correio do Povo, 10 de março de 2009

10 de março de 2009 17h44

Busnello decide processar o PSol

O empresário Humberto Busnello vai processar por calúnia os integrantes do PSol. Segundo o partido, Busnello supostamente teria repassado R$ 100 mil para o caixa 2 da campanha eleitoral da governadora Yeda Crusius, em 2006, durante reunião com o lobista Lair Ferst.

O advogado Ricardo Giuliani ingressa com a ação criminal no STF nesta quinta-feira contra a deputada federal Luciana Genro, o vereador Pedro Ruas, e o presidente do PSol, Roberto Robaina. Ele diz que a acusação é ‘fantasiosa’ e avisou que também entrará com ação civil por danos morais. A deputada Luciana Genro recebeu a notícia com tranquilidade. ‘Esta ação nos permitirá pedir as provas que estão no Ministério Público Federal’, disse.

Hoje ela será notificada na Câmara de Deputados. Responderá à representação do deputado José Aníbal (PSDB), que quer levá-la ao Conselho de Ética ‘por entender que são falsas as denúncias envolvendo a governadora’. Luciana tem cinco dias para se defender, mas está confiante. ‘Eu acho que esta ação é jogo de cena, eles não querem achar as provas’, provocou.

TALINE OPPITZ

Apartes

Fernanda Melchionna, do PSol, pediu vista ao parecer de João Dib, do PP, sobre a nova proposta do Executivo que trata do Pontal do Estaleiro. Com isto, a votação do parecer deverá ocorrer amanhã.