Luciana Genro

Rosane de Oliveira, Zero Hora, 23 de fevereiro de 2009

23 de fevereiro de 2009 16h47

Em busca de informações

Não é só o PT que está disposto a procurar o Ministério Público Federal para confirmar se há fundamento nas denúncias tornadas públicas pela deputada Luciana Genro e pelo vereador Pedro Ruas, do PSOL.

Na quarta-feira, um grupo se reúne para definir as principais ações em busca de esclarecimento para as denúncias, já que Ruas e Luciana não apresentaram provas.

Em nome do sigilo da investigação, correm o risco de sair de mãos vazias do MPF.

O deputado Gilmar Sossella, do PDT, sugere a criação de uma comissão externa para acompanhar as investigações sobre a veracidade das denúncias. Para criar a comissão bastam as assinaturas de 19 deputados.

Mirante

– Em meio ao feriado de Carnaval, somente parentes, amigos e um ex-colega de Câmara participaram da missa de sétimo dia de Marcelo Cavalcante. Seu último chefe, o deputado Claudio Diaz, está passando o feriado no interior de Rio Grande. A família vestia camisetas com a foto de Cavalcante.

– Um assessor tucano viu Marcelo Cavalcante conversando com a deputada Luciana Genro e soube, antes da morte, que ele iria depor ao Ministério Público Federal.

!

A menos que surjam fatos novos, ou apareçam provas,não há chances de prosperar uma proposta de criação de CPI para investigar as denúncias do PSOL.