Luciana Genro

Correio do Povo, 21 de fevereiro de 2009

21 de fevereiro de 2009 16h53

Luciana revela detalhes de diálogos com Cavalcante

A deputada federal Luciana Genro (PSol) voltou a falar ontem a respeito das denúncias sobre a suposta existência de corrupção envolvendo o governo do Estado. Luciana disse que sabia que o ex-chefe da representação do governo do RS em Brasília, Marcelo Cavalcante, iria depor no Ministério Público Federal dia 5 de março e que ele negociava a delação premiada. ‘Isso foi o próprio Marcelo quem me disse. No depoimento, ele iria confirmar que entregou a carta para a governadora e também que havia participado de reuniões que comprovariam existência de caixa 2 e de irregularidades na compra da casa. O depoimento dele era muito importante porque confirmaria o que o Lair Ferst já disse em seu depoimento’, assegurou a deputada.

Luciana informou que o PSol aguardava apenas o depoimento de Cavalcante e sua negociação de delação premiada para divulgar as informações explicitadas na quinta-feira, mas que a morte do ex-assessor precipitou os acontecimentos. ‘Depois da sua morte, nossas fontes estão amedrontadas’. Luciana destacou que o material em questão foi entregue por Lair Ferst ao MPF. ‘Nós não tivemos acesso às provas no MPF. Os documentos são cópias e comprovam que as provas estão no MPF em Santa Maria. Foram entregues pelo Lair Ferst.’