Bombeiros combateram com heroísmo o incêndio no prédio da SSP. | Foto: Rodrigo Ziebell/GVG
Bombeiros combateram com heroísmo o incêndio no prédio da SSP. | Foto: Rodrigo Ziebell/GVG

| Corpo de Bombeiros | Serviço Público

A deputada estadual Luciana Genro (PSOL) já conseguiu 23 assinaturas de parlamentares para instalar uma Comissão Externa Representativa na Assembleia Legislativa para acompanhar as investigações sobre o incêndio na Secretaria de Segurança Pública. O incêndio na SSP-RS, que deixou o prédio inteiramente destruído, completou uma semana nesta quarta-feira (21).

Já são quatro assinaturas a mais do que o necessário para que o requerimento vá a Plenário, onde precisa ser aprovado por maioria simples. A deputada conta com as assinaturas de parlamentares de diversos partidos, tanto da oposição quanto da base do governo. A votação em Plenário deve ocorrer em agosto, após o recesso parlamentar. A partir daí, caso seja aprovada, a Comissão será composta por cinco deputados, com o prazo máximo de 30 dias para os trabalhos.

“É muito importante que a Assembleia possa acompanhar as investigações sobre o incêndio. Precisamos entender o que causou este desastre e o Parlamento deve empenhar todos os esforços diante desta tragédia”, coloca Luciana Genro.

Os corpos dos bombeiros tenente Deroci de Almeida da Costa e sargento Lúcio Ubirajara de Freitas Munhós, que haviam desaparecido durante a operação, foram encontrados na noite desta quarta-feira (21). A deputada se solidarizou com as famílias, amigos e colegas das vítimas: “Meus pêsames aos familiares, amigos e colegas do tenente Almeida e do sargento Munhós, bombeiros falecidos no incêndio da SSP. Coragem, dedicação e perseverança é uma marca dos integrantes do Corpo de Bombeiros. Merecem todas as homenagens e uma investigação séria sobre o ocorrido”, afirmou.

A deputada também solicitou que a Comissão de Direitos Humanos possa ouvir os familiares e amigos deles no espaço dos Assuntos Gerais, em reunião no dia 4 de agosto, a primeira após o recesso parlamentar, que se iniciou no dia 17 de julho.