| Artigos da Luciana | Brasil | Saúde

Por Luciana Genro, deputada estadual, advogada e fundadora do PSOL

A crise do coronavírus acabou demonstrando que a política de ajuste fiscal é uma escolha ideológica, e não uma necessidade econômica inevitável como sempre dizem os economistas liberais. O governo vai ter que abrir as torneiras de recursos públicos para salvar vidas, para montar hospitais provisórios, para garantir equipamentos de proteção para os profissionais da saúde e segurança, e principalmente para garantir a sobrevivência de quem não está conseguindo trabalhar, através de uma renda básica. Ao mesmo tempo começa a discussão sobre quem deve pagar esta conta. A população vem sugerindo uma série de medidas para auxiliar neste momento, como por exemplo, a destinação do fundo partidário para a saúde. Eu apoio esta proposta, apoio também que se diminua os salários dos políticos. São medidas simbólicas mas importantes para dar o exemplo. Além disso precisamos exigir que os bilionários também paguem pela crise com as suas fortunas. No país, 58 bilionários acumulam R$ 900 bilhões. Numa conta rápida, para ter R$ 1 bilhão a pessoa tem que ganhar R$ 54 mil por dia durante 50 anos sem gastar nada.

Os bilionários e a pandemia

Os bilionários e a pandemiaA crise do coronavírus acabou demonstrando que a política de ajuste fiscal é uma escolha ideológica, e não uma necessidade econômica inevitável como sempre dizem os economistas liberais. O governo vai ter que abrir as torneiras de recursos públicos para salvar vidas, para montar hospitais provisórios, para garantir equipamentos de proteção para os profissionais da saúde e segurança, e principalmente para garantir a sobrevivência de quem não está conseguindo trabalhar, através de uma renda básica. Ao mesmo tempo começa a discussão sobre quem deve pagar esta conta. A população vem sugerindo uma série de medidas para auxiliar neste momento, como por exemplo, a destinação do fundo partidário para a saúde. Eu apoio esta proposta, apoio também que se diminua os salários dos políticos. São medidas simbólicas mas importantes para dar o exemplo. Além disso precisamos exigir que os bilionários também paguem pela crise com as suas fortunas. No país, 58 bilionários acumulam R$ 900 bilhões. Numa conta rápida, para ter R$ 1 bilhão a pessoa tem que ganhar R$ 54 mil por dia durante 50 anos sem gastar nada.Ninguém fica bilionário só pelo trabalho próprio. Ou é herança, ou é exploração do trabalho alheio ou é especulação financeira. Nos próximos dias, vou mostrar em uma série de vídeos quem são os 10 maiores bilionários do Brasil e como eles ficaram tão ricos. Quando eu era deputada federal protocolei um projeto para taxar as grandes fortunas, e a deputada Fernanda Melchionna vem exigindo sua votação imediata. O Senado, inclusive, abriu uma consulta pública sobre a regulamentação deste imposto. Vote sim e compartilhe a proposta. Como diz a deputada norte americana Alexandria Ocasio-Cortez, nenhum bilionário é inocente. Vamos rachar essa conta!

Posted by Luciana Genro on Thursday, March 26, 2020

Ninguém fica bilionário só pelo trabalho próprio. Ou é herança, ou é exploração do trabalho alheio ou é especulação financeira. Nos próximos dias, vou mostrar em uma série de vídeos quem são os 10 maiores bilionários do Brasil e como eles ficaram tão ricos. Quando eu era deputada federal protocolei um projeto para taxar as grandes fortunas, e a deputada Fernanda Melchionna vem exigindo sua votação imediata. O Senado, inclusive, abriu uma consulta pública sobre a regulamentação deste imposto. Vote sim e compartilhe a proposta. Como diz a deputada norte americana Alexandria Ocasio-Cortez, nenhum bilionário é inocente. Vamos rachar essa conta!

Top 10

1º Bilionário – Jorge Paulo Lemman
Para encerrar a série “Os bilionários e a pandemia”, hoje revelamos quem está no topo do ranking dos 10 maiores bilionários do país. É o Jorge Paulo Lemann, da 3G Capital, o fundo de investimentos que tem ainda como sócios o quinto e o terceiro maiores bilionários do Brasil. Lemann tem uma fortuna de R$ 104,7 bilhões. Para gastá-la, serão necessários 10.450 ANOS! Se ele gastar R$ 1 milhão por mês nos próximos 20 anos, ele ainda ficará com R$ 104,5 bilhões, um gasto irrisório comparado ao valor total. Neste momento de crise causada pelo coronavírus, é hora dos bilionários ajudarem a pagar a conta para equipar os hospitais, garantir que ninguém morra por falta de leitos de UTI e de respiradores e que as pessoas que estão na extrema pobreza e perdendo emprego por causa desta crise também possam ser auxiliadas, para além das medidas do poder público. Quando eu era deputada federal protocolei um projeto para taxar as grandes fortunas, e a deputada Fernanda Melchionna vem exigindo sua votação imediata. É hora de rachar esta conta!

Jorge Paulo Lemann, o maior bilionário do Brasil

Para encerrar a série "Os bilionários e a pandemia", hoje revelamos quem está no topo do ranking dos 10 maiores bilionários do país. É o Jorge Paulo Lemann, da 3G Capital, o fundo de investimentos que tem ainda como sócios o quinto e o terceiro maiores bilionários do Brasil. Leman tem uma fortuna de R$ 104,7 bilhões. Para gastá-la, serão necessários 10.450 ANOS! Se ele gastar R$ 1 milhão por mês nos próximos 20 anos, ele ainda ficará com R$ 104,5 bilhões, um gasto irrisório comparado ao valor total. Neste momento de crise causada pelo coronavírus, é hora dos bilionários ajudarem a pagar a conta para equipar os hospitais, garantir que ninguém morra por falta de leitos de UTI e de respiradores e que as pessoas que estão na extrema pobreza e perdendo emprego por causa desta crise também possam ser auxiliadas, para além das medidas do poder público. Quando eu era deputada federal protocolei um projeto para taxar as grandes fortunas, e a deputada Fernanda Melchionna vem exigindo sua votação imediata. É hora de rachar esta conta!

Posted by Luciana Genro on Tuesday, April 14, 2020

2º Bilionário – Joseph Safra
O segundo maior bilionário do Brasil é o banqueiro Joseph Safra. Ele tem uma fortuna acumulada em R$ 95 bilhões. Sabem como ele conseguiu tanto dinheiro? Porque no Brasil a tributação sobre os bancos é baixíssima. Eles pagam apenas 15% de contribuição sobre o seu lucro líquido. E todo o lucro dos bancos que é distribuído entre os acionistas é isento de imposto de renda. Enquanto o trabalhador paga alíquotas que variam de 7,5% até 22,5% de imposto de renda, o banqueiro e os grandes empresários que recebem lucro de suas empresas não pagam NADA de imposto de renda sobre estes lucros. Vamos fazer com que o senhor Joseph Safra e todos os banqueiros paguem mais e ajudem a combater a crise do coronavírus?

Joseph Safra, o segundo maior bilionário do Brasil

O segundo maior bilionário do Brasil é o banqueiro Joseph Safra. Ele tem uma fortuna acumulada em R$ 95 bilhões. Sabem como ele conseguiu tanto dinheiro? Porque no Brasil a tributação sobre os bancos é baixíssima. Eles pagam apenas 15% de contribuição sobre o seu lucro líquido. E todo o lucro dos bancos que é distribuído entre os acionistas é isento de imposto de renda. Enquanto o trabalhador paga alíquotas que variam de 7,5% até 22,5% de imposto de renda, o banqueiro e os grandes empresários que recebem lucro de suas empresas não pagam NADA de imposto de renda sobre estes lucros. Vamos fazer com que o senhor Joseph Safra e todos os banqueiros paguem mais e ajudem a combater a crise do coronavírus?

Posted by Luciana Genro on Tuesday, April 14, 2020

4º Bilionário – Eduardo Savarin
O quarto bilionário do Brasil é o Eduardo Saverin, o brasileiro co-fundador do Facebook. Com 37 anos, ele acumula R$ 43,1 bilhões de fortuna. Se ele viver 100 anos e gastar R$ 10 milhões por ano, ainda vão sobrar R$ 42 bilhões após sua morte. É urgente taxar a fortuna dos bilionários e milionários no país, ainda mais em época de coronavírus em que as pessoas estão perdendo seus empregos, necessitando de uma renda mínima já aprovada pelo Congresso Nacional e pelo menos 13 milhões de brasileiros ainda vivem na extrema miséria.

O quarto bilionário do Brasil é o Eduardo Saverin, o brasileiro co-fundador do Facebook. Com 37 anos, ele acumula R$ 43,1 bilhões de fortuna. Se ele viver 100 anos e gastar R$ 10 milhões por ano, ainda vão sobrar R$ 42 bilhões após sua morte. É urgente taxar a fortuna dos bilionários e milionários no país, ainda mais em época de coronavírus em que as pessoas estão perdendo seus empregos, necessitando de uma renda mínima já aprovada pelo Congresso Nacional e pelo menos 13 milhões de brasileiros ainda vivem na extrema miséria. Vamos rachar essa conta?

Posted by Luciana Genro on Monday, April 13, 2020

5º e 3º Bilionários – Carlos Alberto Sicupira e Marcel Hermann Telles
No vídeo de hoje vou falar sobre o quinto e o terceiro maior bilionário do Brasil. Juntei essas duas posições, pois são pessoas do mesmo grupo: o 3G Capital. O Carlos Alberto Sicupira possui uma fortuna acumulada em R$ 37,3 bilhões. E o Marcel Hermann Telles tem nada menos que R$ 43,9 bilhões. Eles juntaram esse dinheiro todo sem produzir nada, apenas atuando em negócios de compra e venda de empresas. Somada, a fortuna dos dois poderia pagar três meses de renda básica aos brasileiros mais necessitados e ainda sobraria metade

Carlos Sicupira e Marcel Hermann: o quinto e o terceiro bilionário do país

No vídeo de hoje vou falar sobre o quinto e o terceiro maior bilionário do Brasil. Juntei essas duas posições, pois são pessoas do mesmo grupo: o 3G Capital. O Carlos Alberto Sicupira possui uma fortuna acumulada em R$ 37,3 bilhões. E o Marcel Hermann Telles tem nada menos que R$ 43,9 bilhões. Eles juntaram esse dinheiro todo sem produzir nada, apenas atuando em negócios de compra e venda de empresas. Somada, a fortuna dos dois poderia pagar três meses de renda básica aos brasileiros mais necessitados e ainda sobraria metade! E aí, vamos rachar esta conta?

Posted by Luciana Genro on Monday, April 13, 2020

6º Bilionário – André Esteves

Seguindo a série de vídeos sobre os dez maiores bilionários do Brasil, falo agora sobre um rosto relativamente conhecido. É o André Esteves, dono do BTG Pactual, maior banco de investimentos da América Latina. Ele é o sexto maior bilionário do país, com uma fortuna acumulada em R$ 20,7 bilhões. André Esteves chegou a ser preso em 2015 por tentar obstruir a Justiça no âmbito da operação Lava Jato. Mas ficou apenas 23 dias preso e segue com sua riqueza intacta após sair da prisão.

Ele é mais um dos bilionários que poderia contribuir para o pagamento de uma renda básica no Brasil neste período de crise. Não podemos aceitar que as pessoas que ficam sem trabalhar por causa do coronavírus morram de fome. São pelo menos 13,2 milhões de brasileiros na extrema miséria que poderiam receber um mês de salário mínimo e isso custaria pouco mais da metade de toda a fortuna do André Esteves. 

André Esteves, o sexto maior bilionário do Brasil

Seguindo a série de vídeos sobre os dez maiores bilionários do Brasil, falo agora sobre um rosto relativamente conhecido. É o André Esteves, dono do BTG Pactual, maior banco de investimentos da América Latina. Ele é o sexto maior bilionário do país, com uma fortuna acumulada em R$ 20,7 bilhões. André Esteves chegou a ser preso em 2015 por tentar obstruir a Justiça no âmbito da operação Lava Jato. Mas ficou apenas 23 dias preso e segue com sua riqueza intacta após sair da prisão.Ele é mais um dos bilionários que poderia contribuir para o pagamento de uma renda básica no Brasil neste período de crise. Não podemos aceitar que as pessoas que ficam sem trabalhar por causa do coronavírus morram de fome. São pelo menos 13,2 milhões de brasileiros na extrema miséria que poderiam receber um mês de salário mínimo e isso custaria pouco mais da metade de toda a fortuna do André Esteves. E aí, vamos rachar essa conta?

Posted by Luciana Genro on Thursday, April 9, 2020

7º Bilionário – Luiz Frias
Continuando a série de vídeos sobre os dez maiores bilionários do Brasil, falo agora sobre o Luiz Frias, dono da Folha de São Paulo e do PagSeguro. Ele tem uma fortuna de R$ 20,3 bilhões de reais. Neste momento em que discutimos renda básica emergencial para quem mais precisa, é preciso entender que tem gente no Brasil que poderia contribuir muito pra isso. O senhor Luiz Frias é uma dessas pessoas. Com pouco mais de metade da sua fortuna seria possível pagar um salário mínimo durante um mês para os 13,2 milhões de brasileiros que estão na extrema miséria. E aí, vamos rachar essa conta?

Luiz Frias: o sétimo bilionário mais rico do Brasil

Continuando a série de vídeos sobre os dez maiores bilionários do Brasil, falo agora sobre o Luiz Frias, dono da Folha de São Paulo e do PagSeguro. Ele tem uma fortuna de R$ 20,3 bilhões de reais. Neste momento em que discutimos renda básica emergencial para quem mais precisa, é preciso entender que tem gente no Brasil que poderia contribuir muito pra isso. O senhor Luiz Frias é uma dessas pessoas. Com pouco mais de metade da sua fortuna seria possível pagar um salário mínimo durante um mês para os 13,2 milhões de brasileiros que estão na extrema miséria. E aí, vamos rachar essa conta?

Posted by Luciana Genro on Tuesday, April 7, 2020

8º e 9º Bilionário – Joesley e Wesley Batista
Os bilionários devem ajudar a pagar a conta da crise causada pelo coronavírus. No vídeo de hoje vamos falar dos irmãos Joesley e Wesley Batista, da JBS, envolvidos nos escândalos de corrupção do ex-presidente Michel Temer, Eduardo Cunha e uma parte do MDB. Juntos, os dois acumularam R$ 29,4 bilhões, fruto da exploração do trabalho e também de falcatruas reveladas na Lava-Jato. Para se ter uma ideia, metade da fortuna de cada um garantiria um salário mínimo para 13,2 milhões de pessoas que vivem na extrema miséria no Brasil. É hora de rachar essa conta!

Os bilionários devem ajudar a pagar a conta da crise causada pelo coronavírus. No vídeo de hoje vamos falar dos irmãos Joesley e Wesley Batista, da JBS, envolvidos nos escândalos de corrupção do ex-presidente Michel Temer, Eduardo Cunha e uma parte do MDB. Juntos, os dois acumularam R$ 29,4 bilhões, fruto da exploração do trabalho e também de falcatruas reveladas na Lava-Jato. Para se ter uma ideia, metade da fortuna de cada um garantiria um salário mínimo para 13,2 milhões de pessoas que vivem na extrema miséria no Brasil. É hora de rachar essa conta!

Posted by Luciana Genro on Thursday, April 2, 2020

10º Bilionário – Cândido de Lima
Nesta série de vídeos me comprometi a falar sobre os 10 bilionários do Brasil. O 10º da lista é o Cândido de Lima, empresário da área da saúde privada, que tem uma riqueza de R$ 13 bilhões. O PSOL defende a taxação das grandes fortunas, projeto que o Senado abriu consulta pública para voltar à votação e que apresentei na Câmara dos Deputados quando era deputada federal em 2008. Quando concorri à presidência a República em 2014 segui defendendo a proposta, que foi inserida na Constituição de 1988 mas não é aplicada por falta de uma lei que regulamente. Na Assembleia Legislativa do RS apresentei o Projeto de Lei 413/2019, que aumenta a taxa cobrada das heranças dos milionários, garantindo assim investimentos maiores que os orçamentos de saúde e educação no Estado.
É hora de rachar esta conta! Queremos que os bilionários paguem a conta da crise causada pelo coronavírus

Top 10 bilionários – Cândido de Lima

Nesta série de vídeos me comprometi a falar sobre os 10 bilionários do Brasil. O 10º da lista é o Cândido de Lima, empresário da área da saúde privada, que tem uma riqueza de R$ 13 bilhões. O PSOL defende a taxação das grandes fortunas, projeto que o Senado abriu consulta pública para voltar à votação e que apresentei na Câmara dos Deputados quando era deputada federal em 2008. Quando concorri à presidência a República em 2014 segui defendendo a proposta, que foi inserida na Constituição de 1988 mas não é aplicada por falta de uma lei que regulamente. Na Assembleia Legislativa do RS apresentei o Projeto de Lei 413/2019, que aumenta a taxa cobrada das heranças dos milionários, garantindo assim investimentos maiores que os orçamentos de saúde e educação no Estado.É hora de rachar esta conta! Queremos que os bilionários paguem a conta da crise causada pelo coronavírus.

Posted by Luciana Genro on Monday, March 30, 2020