| Segurança Pública

O comando-geral da Brigada Militar respondeu no dia 24 de março o ofício enviado pela deputada estadual Luciana Genro (PSOL) no dia 19/03, em que a parlamentar cobrou providências quanto à falta de álcool gel para os policiais que fazem o patrulhamento das ruas e as custódias de apenados no Rio Grande do Sul.

Acesse aqui a resposta do comando da Brigada Militar

Na resposta, a instituição informou que vem encontrando dificuldades para realizar a compra de álcool gel e alegou que os fornecedores têm priorizado a venda para hospitais e unidades de saúde. “A resposta do comando é boa, mas a situação dos brigadianos continua muito ruim. O básico, álcool gel, precisa ser fornecido imediatamente”, disse Luciana Genro.

A deputada segue recebendo muitas denúncias de policiais militares no WhatsApp e nas redes sociais, onde os brigadianos relatam a situação de desproteção em que trabalham em meio à pandemia de coronavírus. Já são mais de 300 policiais militares afastados de suas funções por apresentar sintomas da doença.