Luciana Genro fará audiência pública para debater impactos do pacote nas carreiras de nível médio da Brigada Militar | Foto: Samir Oliveira
Luciana Genro fará audiência pública para debater impactos do pacote nas carreiras de nível médio da Brigada Militar | Foto: Samir Oliveira

| Notícias | Segurança Pública

Policiais militares das carreiras de nível médio da Brigada Militar lançaram nesta sexta-feira (14/02) um movimento em defesa de seus direitos. A União dos Praças da Brigada Militar (UPBMRS) é uma iniciativa de um grupo de soldados, sargentos e tenentes da ativa e da reserva de unificar a categoria na defesa de direitos que foram retirados pelo pacote aprovado pelo governo Eduardo Leite, do PSDB.

A deputada estadual Luciana Genro (PSOL) recebeu o grupo em uma reunião na Assembleia Legislativa nesta sexta, juntamente com a deputada federal Fernanda Melchionna e o vereador de Porto Alegre Roberto Robaina, ambos do PSOL. No encontro, os praças apresentaram uma série de reivindicações, como o retorno da verticalidade salarial, o fim das substituições temporárias de postos de trabalho por policiais de diferentes patentes, a necessidade de uma carreira única na Brigada Militar e a extinção de mais um nível na carreira dos soldados, criado recentemente pelo governo.

Praças reivindicam verticalidade salarial, fim de substituições temporárias e carreira única na Brigada Militar. | Foto: Samir Oliveira
Praças reivindicam verticalidade salarial, fim de substituições temporárias e carreira única na Brigada Militar. | Foto: Samir Oliveira

“A hierarquia dentro da Brigada Militar é derrubada quando um oficial pega um soldado e coloca em uma vaga de sargento em substituição temporária. Sendo que ele vai seguir contribuindo para a previdência como soldado, o que ainda por cima prejudica os cofres públicos”, disse Ederson de Oliveira Rodrigues, um dos soldados que lidera o movimento. 

A deputada Luciana Genro convidou o movimento para estar presente em uma audiência pública que vai tratar dos impactos das medidas do governo Leite na carreira de nível médio da Brigada Militar. A iniciativa ainda precisa ser aprovada pela Comissão de Segurança e Serviços Públicos para que uma data possa ser marcada.

Movimento recém lançado busca unir praças em defesa de seus direitos. | Foto: Samir Oliveira
Movimento recém lançado busca unir praças em defesa de seus direitos. | Foto: Samir Oliveira

“São os praças que carregam o piano na Brigada Militar. A luta de vocês é justa e legítima e tem todo nosso apoio. A população precisa de soldados bem valorizados para ter segurança pública de qualidade”, disse Luciana. A deputada apresentou uma emenda, durante as votações de janeiro, para garantir a verticalidade salarial à categoria, mas a proposta sequer foi votada. 

A UPBMRS apresentou uma carta que está entregando aos parlamentares para que assinem e se comprometam com as demandas da categoria. Luciana Genro foi a primeira deputada a assinar o documento nesta sexta-feira.