| Assembleia Legislativa | LGBT | Notícias

A cartilha dos Direitos LGBT do mandato da deputada estadual Luciana Genro (PSOL) foi lançada neste sábado (07/12) em Porto Alegre. A publicação traz um resumo do relatório final da Comissão Especial para Análise da Violência Contra a População LGBT da Assembleia Legislativa, da qual a deputada foi presidente neste ano. A deputada também coordena a Frente Parlamentar em Defesa da População LGBT no Parlamento Gaúcho.

Acesse aqui o conteúdo da cartilha:

O lançamento aconteceu no bar Workroom, na Cidade Baixa, e contou com a presença da deputada Luciana Genro, da deputada federal Fernanda Melchionna, pré-candidata do PSOL à prefeitura de Porto Alegre, do vereador de Porto Alegre Roberto Robaina, além de entidades e militantes da causa LGBT. O lançamento teve ainda show das dragqueens Vitz e Ayö Kween. 

Um registro lindo da fotógrafa Fernanda Piccolo do lançamento da Cartilha de Direitos LGBTs, que realizamos na noite de…

Posted by Luciana Genro on Sunday, December 8, 2019

“Depois da eleição estivemos aqui no Workroom para um bate papo e o clima era de medo diante da vitória de Bolsonaro. Mas o fato de estarmos aqui hoje lançando esta cartilha e o fato de que amanhã terá uma Parada com dezenas de milhares nas ruas em Porto Alegre é uma demonstração de que Bolsonaro não conseguiu o que ele queria, que era fazer a população LGBT voltar para o armário. Ele não conseguiu e não vai conseguir mais”, disse a deputada Luciana Genro. 

A deputada federal Fernanda Melchionna também ressaltou a importância do lançamento da cartilha no momento político como o que vivemos agora.

“O Brasil é muito maior do que o autoritarismo. Vemos nas ruas a resposta a esse projeto antipovo, com a última Parada LGBT de São Paulo sendo a maior da história. E neste domingo vamos ter a Parada Livre em Porto Alegre com a Redenção lotada, mais um momento de luta contra esse governo, mostrando a força dos LGBTs e todo nosso apoio a essa causa”, destacou.

Crédito das fotos: Fernanda Piccolo/PSOL


Participaram do lançamento da cartilha o movimento Mães pela Diversidade; Maicon Moreira, da ONG Identidade LGBT, de Caxias do Sul, Rodrigo Rosa, do coletivo Juntos! LGBT, de Pelotas; Vincent Goulart, do grupo Somos; Fabrício Gomes, do coletivo Desnormatiza, de Farroupilha; Caio Klein, do Conselho Estadual de Promoção dos Direitos LGBTs, entre muitos outros ativistas e militantes.
 
Com propostas concretas de combate ao preconceito e promoção da diversidade, a cartilha também é uma atualização do documento lançado em 2015 pela bancada do PSOL no Parlamento Gaúcho e traz textos de militantes LGBT e os direitos garantidos pela Justiça e pela legislação brasileira. A cartilha será distribuída gratuitamente e também pode ser acessada em formato on-line.