Comissão LGBT, presidida pela deputada Luciana Genro, aprovou relatório final com 38 propostas no dia 06/08. | Foto: Guerreiro/Agência ALRS
Comissão LGBT, presidida pela deputada Luciana Genro, aprovou relatório final com 38 propostas no dia 06/08. | Foto: Guerreiro/Agência ALRS

| Assembleia Legislativa | LGBT

O relatório final da Comissão Especial da Assembleia Legislativa para Análise da Violência Contra a População LGBT foi aprovado em plenário nesta terça-feira (12/11) com 21 votos favoráveis, 10 contrários e 24 ausências. A comissão foi criada e presidida pela deputada estadual Luciana Genro (PSOL) e funcionou por quatro meses no primeiro semestre de 2019.

Placar da votação do relatório LGBT na Assembleia.
Placar da votação do relatório LGBT na Assembleia.

O texto conta com 162 páginas e 37 propostas concretas de combate ao preconceito. “Foi um trabalho árduo, percorremos diversas cidades, realizamos audiências públicas, reuniões com movimentos sociais e coleta de dados. Essa aprovação demonstra que resistimos, mas também avançamos”, disse Luciana Genro.

Confira aqui o relatório na íntegra: https://bit.ly/2NIDGec