Luciana Genro

Luciana Genro presidirá Comissão Especial da Assembleia sobre violência contra população LGBT

12 de março de 2019 19h23
Luciana Genro participou de diversas paradas do orgulho LGBTI no Rio Grande do Sul. | Foto: Bela Daudt

O plenário da Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira (12/03) uma iniciativa da deputada estadual Luciana Genro (PSOL) que cria a Comissão Especial para Análise da Violência Contra a População LGBT. O colegiado deve ser instalado em até dez dias úteis, será composto por 12 deputados e presidido pela parlamentar do PSOL.

A comissão terá duração de quatro meses, totalizando 120 dias de atividades. Como órgão oficial da Assembleia Legislativa, a comissão produzirá, ao fim de seus trabalhos, um relatório com diagnóstico sobre a situação de violência enfrentada pela população LGBT no Rio Grande do Sul e propostas concretas para enfrentar o tema.

“Organizamos um plano de trabalho que prevê audiências públicas em todas as regiões do Estado. Iremos dialogar com os órgãos de segurança pública, com as prefeituras e com os movimentos sociais para verificar como vêm sendo processados os casos de violência contra a população LGBT, traçando um panorama deste grave problema e propondo as melhorias necessárias”, disse Luciana Genro.