Luciana Genro

Reunião em Porto Alegre debate candidaturas de mulheres nas eleições

25 de setembro de 2018 12h10

Joanna Burigo, Rosana Pinheiro-Machado, Fernanda Melchionna, Luciana Genro e Camila Goulart em reunião sobre candidaturas de mulheres e feminismo | Foto: Juliana Almeida

Na noite de segunda (24/09), Luciana Genro participou de uma roda de conversa sobre as candidaturas de mulheres nestas eleições, sobre o feminismo e a força e a união das mulheres contra o retrocesso, o conservadorismo e os discursos de ódio na política e os atos do dia 29. A reunião aconteceu no comitê de Luciana Genro e Fernanda Melchionna na Cidade Baixa, em Porto Alegre.

A partir da iniciativa da cientista social e antropóloga Rosana Pinheiro Machado, estiveram com Luciana no debate Joanna Burigo, coordenadora pedagógica da Emancipa Mulher, braço feminista e antirracista da ong Emancipa, da ong fundada por Luciana em 2011, a vereadora Fernanda Melchionna, candidata a deputada federal, Camila Goulart, candidata a vice-governadora pelo PSOL na chapa com o Roberto Robaina, e a professora Marilia Verissimo Veronese, da Unisinos.

– É uma questão vital estar ao lado de Luciana e Fernanda neste momento para transformar a política. Temos que transformar a esperança e a luta em indignação para ir contra esses projetos que não punem e ainda validam os discursos de ódios – destacou Rosana.

Na conversa foram expostas as demandas de mulheres da periferia, de professoras da rede pública e universitária, de militantes. Temáticas como creches, transporte público, saúde, moradia com acesso à saneamento básico e a representação em cargos políticos estiveram entre as pautas discutidas.

— É muito importante que possamos garantir mandatos combativos, de resistência e de luta como o meu de deputada estadual e o da Fernanda Melchionna na Câmara dos Deputados para defender essas demandas. Somos milhões de mulheres nas ruas, e veremos isso nos atos do dia 29, e temos que ser muitas mais mulheres na política – afirmou Luciana.

– Nós queremos continuar apresentando projetos que junto com a luta do povo transformam nossos mandatos em trincheiras – destacou Fernanda.

A coordenadora pedagógica da Emancipa Mulher, Joanna Burigo, destacou a trajetória de Luciana junto à iniciativas de educação popular como o Emancipa e também no feminismo, com a Emancipa Mulher, como uma ferramenta de combate e empoderamento de mais mulheres com o machismo, o racismo e a violência.

— Todos as reações da masculinidade que atacam os direitos das mulheres fazem ser mais do que urgente o fortalecimento de uma bancada feminista e feminina nos cargos do Legislativo

Luciana Genro, Joanna Burigo, Rosana Pinheiro-Machado e Fernanda Melchionna. | Foto: Juliana Almeida