Luciana Genro

Reajuste mensal da gasolina é inaceitável!

05 de junho de 2018 12h35

Reajuste mensal da gasolina é inaceitável!

Mesmo após a paralisação dos caminhoneiros e dos petroleiros, exigindo mudanças na política de preço dos combustíveis da Petrobras, o governo Temer segue planejando a política de preços da estatal a serviço dos grandes acionistas. A grande mobilização que teve apoio da população não provocou uma redução de preços, já que a gasolina seguiu subindo e, segundo pesquisa da ANP, foi vendida 7,7% mais cara de 27 de maio a 2 de junho.

O problema continua porque a gasolina ainda está em falta em diferentes postos de combustíveis no RS e no país, prejudicando diretamente quem ainda não conseguiu retomar a rotina. Divulgando como uma notícia boa, o governo pretende substituir os reajustes diários da gasolina por altas semanais ou mensais. O governo não pensa em cortes, só em aumentos – em um mês, foram 14 aumentos, mais de 2 aumentos por semana!

Precisamos continuar e incentivar a mobilização nacional para pressionar o governo a rever a política de preços, reduzir o preço dos combustíveis e não promover mais altas.