Luciana Genro

Aumento das vagas em escolas infantis é defendido por Luciana Genro em fórum com entidades

06 de setembro de 2016 17h10
Ampliação do atendimento público e conveniado nas escolas infantis foi defendido por Luciana | Foto: Alvaro Andrade/PSOL

Ampliação do atendimento público e conveniado nas escolas infantis foi defendido por Luciana | Foto: Alvaro Andrade/PSOL

A qualificação da relação com as escolas infantis conveniadas e a expansão da rede particular para aumentar o número de vagas para crianças foram defendidas por Luciana Genro no Fórum Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente realizado na tarde desta terça-feira (06/09) na PUCRS. O evento, que contou com a participação de centenas de representantes do setor, realizou uma rodada entre os candidatos à prefeitura para a apresentação de propostas.

Inicialmente, Luciana apontou a determinação de governar com a sociedade e ampliar o diálogo com todos os setores, para que possam ter papel ativo na construção de políticas públicas nas mais diversas áreas. “Quem vai governar não serão os partidos da aliança, mas os movimentos e as forças vivas da cidade, e vocês são parte fundamental porque prestam serviço de alta relevância”.

A candidata ainda lembrou que a solução para os problemas da falta de segurança atravessam diversas áreas das politicas públicas.”Precisamos travar uma guerra para resgatar os jovens do crime organizado. Isso é resultado de falhas na assistência dos jovens. Cabe fazer nossa parte com ações que dialoguem com a saúde, educação e cultura para enfrentar a violência e a falta de perspectiva para crianças que acabam se perdendo no mundo do crime”, disse.

Luciana ainda defendeu a necessidade de ampliar a rede pública de escolas infantis, o que também viabiliza o

Centenas de pessoas participaram da atividade na PUC | Foto: Alvaro Andrade/PSOL

Centenas de pessoas participaram da atividade na PUC | Foto: Alvaro Andrade/PSOL

aumento dos repasses federais, em paralelo a um processo de qualificação da relação com as conveniadas para melhorar o atendimento prestado. “Sabemos que o orçamento é limitado, mas precisamos de um debate democrático para viabilizar o aumento das verbas para as conveniadas, pois são parte fundamental do sistema de atendimento para crianças. Também sei a realidade da prefeitura, que não tem como assumir e absorver toda demanda da rede”. Para garantir o dinheiro necessário, citou o combate à corrupção e a priorização dos investimentos em áreas essenciais. “Precisamos gastar melhor o dinheiro da prefeitura e ter as mãos limpas”.

Quanto à ampliação da participação na tomada de decisões, Luciana reconheceu a importância do Orçamento Participativo na construção da democracia em Porto Alegre, mas afirmou que o mecanismo está defasado e precisa ser renovado e ampliado com a construção de uma plataforma na internet que permita à população também propor e decidir sobre temas através de plebiscitos. “Queremos discutir os caminhos para nossa cidade voltar a ser boa de viver com mais convivência, diálogo, participação direta da população”, finalizou.