Luciana Genro

Experiência de alarmes comunitários pode melhorar a segurança em Porto Alegre

29 de agosto de 2016 11h10
Moradores detalharam iniciativa para candidatos do PSOL | Foto: Alvaro Andrade/PSOL

Moradores detalharam iniciativa para candidatos do PSOL | Foto: Alvaro Andrade/PSOL

A experiência do sistema de alarmes comunitários criados de forma autônoma por moradores da Vila Nova, na Zona Sul de Porto Alegre, foi conhecida de perto pela candidata Luciana Genro, pelo vice Pedro Ruas e o candidato a vereador Roberto Robaina, da coligação “É a vez da mudança” (PSOL, PPL, PCB), na manhã desta segunda-feira (29/08).

Moradores de três ruas do bairro dividiram os custos de instalação de alarmes sonoros espalhados em postes da rua e criaram um grupo de contatos no Whatsapp. Cada morador gastou cerca de R$ 80 para ter um controle remoto em contato com três alarmes instalados em postes de ruas. Em situação de perigo ou ameaça, eles acionam o alerta que soa na vizinhança, chamando a atenção dos demais moradores e aumentando a sensação de segurança. No entanto, o sistema não está interligado com a Guarda Municipal ou Brigada Militar, mas já reduziu drasticamente a incidência de ocorrências e crimes na região.

Para Luciana, a iniciativa é extremamente válida, mas precisa ser expandida e aperfeiçoada. “Tudo aqui foi desenvolvido sem qualquer apoio da prefeitura. Em nosso governo queremos criar uma rede de comunicação via aplicativo de celular, integrando a comunidade com a Guarda Municipal, que terá pelo menos um interlocutor por região da cidade, para prestar o atendimento quando necessário. Além disso, vamos financiar os custos de instalação dos alarmes”, frisou.

Veja a reportagem do Jornal do Almoço: