Luciana Genro

Crise e resistência na América Latina e no Brasil

22 de janeiro de 2016 10h45
Evento organizado pela Fundação Lauro Campos e pelo PSOL gaúcho ocorre no dia 23/01

Evento organizado pela Fundação Lauro Campos e pelo PSOL gaúcho ocorre no dia 23/01

Redação #Equipe50

Em 2015 a crise social, econômica e política se agravou na América Latina, tendo o Brasil como um dos principais expoentes desta crise. Mas também foi um ano de muitas lutas, com a organização da classe trabalhadora, dos estudantes, das mulheres, dos indígenas, dos negros e negras e dos LGBTs em todos os países latino-americanos.

Para debater o complexo cenário brasileiro e sua articulação com as realidades locais do restante da América Latina, o PSOL gaúcho e a Fundação Lauro Campos convidam a tod@s para acompanhar dois paineis no dia 23/01, no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, (Praça Marechal Deodoro, 101, 3º andar).

Às 9h, o painel “Para onde vai a América Latina?” reunirá dirigentes políticos de diversas organizações da esquerda no continente. Entre eles, o dirigente nacional do PSOL, Pedro Fuentes, o membro da Fundação Lauro Campos, Luiz Arnaldo e o professor da UFABC, Gilberto Maringoni – além de representantes do Peru, da Argentina e da Venezuela. Às 11h, o painel “Brasil, dinâmica de crise e resistências” trará para a mesa de debates o filósofo e professor da USP Vladmir Safatle, o dirigente nacional do PSOL, Roberto Robaina, e o secretário de Relações Internacionais do PPL, Marcio Cabreira. Ambos os eventos contarão com a presença da presidente da Fundação Lauro Campos, Luciana Genro.