Luciana Genro

Luciana Genro recebe interpelação extrajudicial da Câmara dos Deputados

04 de setembro de 2015 11h52

Por Redação #Equipe50

Foto: Reprodução do Twitter

Foto: Reprodução do Twitter

A ex-candidata do PSOL à Presidência da República, Luciana Genro, recebeu uma interpelação extrajudicial da Câmara dos Deputados por conta de uma postagem em seu perfil pessoal no Twitter, em que afirmou que os grandes traficantes estão, inclusive, no Congresso. A declaração foi feita no dia 19 de agosto, em meio a um twittaço em favor da descriminalização das drogas, devido ao julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o tema que ocorria naquela ocasião.

– Veja aqui a íntegra da interpelação extrajudicial enviada pela Câmara

A afirmação de Luciana irritou o deputado e pastor fundamentalista Marco Feliciano (PSC-SP), que solicitou providências ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-SP). Na interpelação extrajudicial, a Câmara afirma que Luciana induziu “ao raciocínio de que o Parlamento é povoado por indivíduos desprovidos de integridade” e que “também lança dúvidas sobre a higidez da Casa”.

Em resposta, através do Twitter, a Marco Feliciano, Luciana Genro citou o caso helicóptero com 450 kg de cocaína apreendido pela Polícia Federal no dia 24 de novembro de 2013. A aeronave pertencia à família do senador Zezé Perrella (PDT-MG) e o caso foi amplamente divulgado pela mídia.

“Essa interpelação é absurda. Se pensam que vou me intimidar e deixar de dizer o que eles não querem ouvir, desistam”, disse Luciana.