Luciana Genro

Luciana Genro se reunirá com o jornalista norte-americano Glenn Greenwald

06 de agosto de 2014 16h44

Durante o encontro, eles discutirão as denúncias de espionagem e também o pedido de asilo feito por Edward Snowden ao Brasil

Por Redação #Equipe50

Crédito: Agência Senado / Lia de Paula

Crédito: Agência Senado / Lia de Paula

Luciana Genro, candidata do PSOL à Presidência da República, se encontrará na tarde desta quinta-feira (7), no Rio de Janeiro, com o jornalista norte-americano, Glenn Greenwald, e com o coordenador da campanha pelo Asilo a Snowden no Brasil, David Miranda. Eles discutirão as denúncias de espionagem da NSA (Agência de Segurança Nacional dos EUA) e o pedido de asilo feito ao Brasil por Edward Snowden, ex-consultor da NSA que vazou documentos que mostravam que os Estados Unidos espionou diversos países, inclusive o Brasil.

Greenwald lançou recentemente o livro “Sem Lugar Para se Esconder”, no qual relata o encontro, a divulgação e a repercussão das reportagens assinadas por ele e pela jornalista Laura Poitras, fruto dos documentos revelados a eles por Snowden. Durante debate na Flip (Festa Literária Internacional de Paraty), afirmou que o Brasil tem “obrigação moral” de dar asilo ao ex-funcionário da NSA.

"Sem lugar para se esconder" / Ed. Sextante, 2014

“Sem lugar para se esconder” / Ed. Sextante, 2014

No final do mês passado, Luciana Genro, os deputados do PSOL Chico Alencar, Ivan Valente e Jean Wyllys e representantes da sociedade civil brasileira, panamericana e internacional entregaram ao Ministério da Justiça uma carta aberta na qual solicitam posicionamento do governo brasileiro em relação ao pedido de asilo. “É fundamental que o governo considere as potencialidades que podem ser desenvolvidas com a cooperação de Snowden. Tendo em vista sua disposição, já pública, em contribuir com o Estado brasileiro nas investigações sobre a espionagem norte-americana, com consequentes mudanças para o país”, diz um trecho da carta.

O encontro ocorrerá na Confeitaria Colombo, no Forte de Copacabana, a partir das 16h, e a partir das 16h40 será aberto para a imprensa.