Luciana Genro

Bancada do PSOL em Porto Alegre aprova moção de solidariedade ao povo palestino

06 de agosto de 2014 17h41

Por Redação #Equipe50

Crédito: Divulgação PSOL

Crédito: Divulgação PSOL

A Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou na tarde desta quarta-feira (06/08) uma moção de solidariedade ao povo palestino frente ao massacre promovido pelas forças armadas israelenses. A medida é uma iniciativa da bancada do PSOL no Parlamento, representada pelos vereadores Fernanda Melchionna e Pedro Ruas.

O texto foi aprovado por 20 votos favoráveis, oito abstenções e nenhum voto contrário. A votação da proposta foi comemorada por entidades e apoiadores da causa palestina que estavam no plenário, como Elayyan Aladdin, presidente da Federação Árabe-Palestina do Brasil, e representantes do Círculo das Entidades Muçulmanas do Rio Grande do Sul.

O vereador Pedro Ruas destaca que trata-se da primeira moção de solidariedade à Palestina que condena expressamente as ações do Estado de Israel. “Porto Alegre é a primeira capital brasileira que aprova uma moção de solidariedade ao povo palestino com censura ao Estado de Israel”, registra.

O texto do documento expressa a solidariedade do povo porto-alegrense – que já realizou duas manifestações contra o genocídio promovido por Israel – aos palestinos: “O mundo todo assiste estarrecido ao terrível ataque das forças armadas do Estado de Israel na Faixa de Gaza. O sofrido povo palestino recebe desta Câmara Municipal a solidariedade pelo seu sofrimento”.

A moção será encaminhada aos Comitês da Palestina Democrática e à Embaixada do Estado da Palestina em Brasília.